Em atendimento à legislação eleitoral, os demais conteúdos deste site ficarão
indisponíveis de 2 de julho de 2022 até o final da eleição estadual em São Paulo.

Arrow Prev Voltar

Orientações sobre a monkeypox

Os principais cuidados e formas de prevenção contra a Monkeypox

A Monkeypox é uma doença transmitida por contato com pessoas infectadas ou secreção humana contaminada pelo vírus.

Os sintomas são semelhantes aos da varíola que já foi erradicada, mas são menos severos e com baixa transmissão.

Diante do aumento expressivo de casos pelo mundo e do potencial risco de contaminação, a Organização Mundial da Saúde (OMS) decretou, no dia 23 de julho de 2022, a doença como uma emergência global de saúde. Essa classificação é o alerta mais alto que a OMS pode emitir sobre uma moléstia. Apesar do nome, os macacos não são transmissores para seres humanos.

 

Saiba como se prevenir da Monkeypox (MPX):

A Secretaria de Estado da Saúde reforça a importância dos cuidados sanitários individuais:

– Evitar contato íntimo ou sexual com pessoas que tenham lesões na pele;

– Evitar beijar, abraçar ou fazer sexo com alguém com a doença;

– Higienização das mãos com água, sabão e uso de álcool gel;

– Não compartilhar roupas de cama, toalhas, talheres, copos, objetos pessoais ou brinquedos sexuais;

– Uso de máscaras, protegendo contra gotículas e saliva, entre casos confirmados e contactantes.

 

Sintomas da Monkeypox (MPX):

– O principal sintoma é o aparecimento de lesões parecidas com espinhas ou bolhas, que podem surgir no rosto, dentro da boca ou em outras partes do corpo, como mãos, pés, peito, genitais ou ânus;

– Caroço no pescoço, axila e virilhas;

– Febre;

– Dor de cabeça;

– Calafrios;

– Cansaço;

– Dores musculares.

 

Características clínicas

Os sinais e sintomas duram de duas a quatro semanas, e o período de incubação ocorre de 6 a 16 dias podendo chegar a 21 dias.

Durante o período de incubação, a pessoa infectada é assintomática. A manifestação cutânea ocorre entre um e três dias após os sinais e sintomas iniciais.

 

O que fazer em caso de suspeita da doença

Pessoas com sintomas, ou que tiveram contato com infectados, devem procurar um serviço de saúde para avaliação. O atendimento está disponível em toda a rede municipal de saúde, como Unidades Básicas de Saúde (UBSs), prontos-socorros e prontos atendimentos. O diagnóstico é realizado por meio da análise laboratorial de material das lesões cutâneas (secreção ou partes da ferida seca).

 

Qual a diferença entre a monkeypox e a varíola humana

A Monkeypox é uma doença endêmica ocorrida em alguns países da África, enquanto a varíola humana foi declarada erradicada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) em 1980, após uma ampla campanha de vacinação mundial nas décadas de 1960 e 1970.

 

Por que ela é chamada de popularmente de varíola dos macacos?

A doença foi identificada pela primeira vez em colônias de macacos mantidas para pesquisa em 1958 e foi detectada em humanos anos depois, em 1970. Porém, o atual surto não tem a participação de macacos na transmissão para seres humanos.