Instituto de Saúde

A A A Tamanho do texto

Participe da pesquisa sobre os efeitos socioeconômicos da COVID-19 na América Latina 

 

 

17 de agosto de 2020 

  

Até 30 de agosto, todo mundo pode participar da pesquisa Impacto Social do Confinamento pelo Surto de Coronavírus Covid-19 na América Latina – Brasil, um estudo internacional coordenado no Brasil pela Fiocruz Brasília. 

  

O objetivo do estudo é levantar informações para se conhecer melhor as condições de vida da população brasileira e latino-americana durante o confinamento provocado pela COVID-19, e contribuir para o planejamento e a melhoria das ações no caso de emergências em saúde pública. A participação é voluntária, não é necessário se identificar e o preenchimento do formulário leva menos de 15 minutos. Para participar, basta residir no Brasil, ter mais de 18 anos e responder ao questionário on-line disponível em bit.ly/impacto_confinamento_brasil

 

O estudo vai avaliar e comparar os impactos social, psicológico e econômico durante e após o período de confinamento por COVID-19 nas populações residentes no Brasil, Chile, Equador, Espanha e México. Os objetivos específicos incluem avaliar a percepção de risco e sintomas de ansiedade e depressão, e conhecer experiências de convivência, mudanças de comportamento e situações de trabalho. A divulgação dos primeiros resultados está prevista para setembro deste ano. 

  

No Brasil, o projeto é conduzido pela Fiocruz Brasília, por meio do Núcleo de Epidemiologia e Vigilância em Saúde (NEVS) e do Núcleo de Saúde Mental, Álcool e Outras Drogas (Nusmad), e pelo Centro de Integração de Dados e Conhecimentos para Saúde (Cidacs/Fiocruz Bahia). Além da Fiocruz, o projeto internacional inclui a Escola de Saúde Pública da Universidade do Chile, o Instituto de Saúde Pública da Universidade Católica do Equador, o Instituto Nacional de Saúde Pública e a Escola de Saúde Pública do México, com coordenação geral do Instituto Universitário de Atenção Primária da Espanha. 

  

Para responder ao questionário da pesquisa, acesse bit.ly/impacto_confinamento_brasil. O prazo de resposta vai até 30 de agosto. Participe! 

  

Para outas informações sobre o projeto, clique aqui.

Comunicar Erro




Enviar por E-mail






Colabore


Obrigado