Instituto de Saúde

A A A Tamanho do texto

Instituto de Saúde contribui para promoção de Políticas Informadas por Evidências

 

 

1º de dezembro de 2020 

 

O Ministério da Saúde e o Hospital do Coração (HCOR) irão promover hoje, dia 1º, às 19h, um webinar que discutirá ações estratégicas e perspectivas na área de Políticas Informadas por Evidências (PIE), com a colaboração do Instituto de Saúde. O evento é aberto ao público e será transmitido pelo canal do HCOR no YouTube. 

 

Além de ser uma oportunidade para a troca de experiências sobre a institucionalização do uso de evidências nas tomadas de decisão em Políticas Públicas de Saúde, o evento abordará a importância de formação e capacitação de recursos humanos em PIE e as necessidades de adaptações metodológicas para promoção do uso de evidências no processo decisório em saúde. 

 

O webinar terá como convidados o doutor em Políticas Públicas pela Universidade Federal do Piauí e pesquisador em Saúde Pública da Fiocruz-Brasília, Jorge Barreto; a vice-coordenadora do Núcleo de Evidência em Saúde Bucal (NEV-SB) da Faculdade de Odontologia da Universidade de São Paulo (FOUSP), Mariana Gabriel; a diretora executiva do Instituto Veredas, Laura Boeira; e a gerente de serviços e fontes de informação da BIREME/OPAS/OMS, Verônica Abdala. 

 

A mediação será feita pela Coordenadora de Evidências e Informações Estratégicas para Gestão em Saúde do Departamento de Ciência e Tecnologia do Ministério da Saúde, Daniela Rêgo; em parceria com a coordenadora de projetos do HCOR, Enilda Lara. 

 

Durante o evento ocorrerá a divulgação do novo Curso Introdutório de Políticas Informadas por Evidências, realizado pelo HCOR e pelo Ministério da Saúde, no âmbito do Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional do Sistema Único de Saúde (PROADI-SUS). “O curso busca sensibilizar os alunos sobre a importância e utilização das PIE no contexto da área da saúde”, comenta a pesquisadora Maritsa Bortoli, do Instituto de Saúde, que participou da concepção do curso. 

 

Será apresentada ainda a Diretriz Metodológica - Síntese de Evidências para Políticas, elaborada pelo Ministério da Saúde. A publicação é a primeira da América Latina e Caribe que se propõe a reunir diferentes conhecimentos científicos sobre o processo de elaboração de Sínteses de Evidências para Políticas. Além de Maritsa, as pesquisadoras Tereza Toma e Sonia Venancio  - do Núcleo de Evidências do Instituto de Saúde - participaram do desenvolvimento da diretriz, que apresenta os principais conceitos e etapas necessárias para a condução da síntese de evidências para políticas de saúde. 

 

Os participantes do webinar terão acesso a informações sobre a nova Base de Dados PIE - Políticas Informadas por Evidências - da BIREME e sobre a iniciativa que consiste no mapeamento dos Núcleos de Evidências brasileiros, no âmbito da reestruturação da Rede EVIPNET. 

 

 

 

Núcleo de Comunicação Técnico-Científica

Comunicar Erro




Enviar por E-mail






Colabore


Obrigado