Instituto de Saúde

A A A Tamanho do texto

Fact-checking: é falso que o novo coronavírus seja vulnerável a pH maior que 5,5

 

15 de setembro de 2020

 

As fake news tomaram conta das redes sociais, especialmente durante a quarentena. Infelizmente, também aumentou a circulação de notícias falsas sobre a pandemia da COVID-19. Neste momento é importante que as pessoas saibam distinguir entre as informações comprovadas com evidências científicas, o que é meramente especulação e o que é comprovadamente falso.

 

Uma mensagem vem circulando há algum tempo pelas redes sociais, especialmente pelo WhatsApp (veja a imagem). O texto menciona o seguinte: “O COVID-19 é imune a organismos com um pH maior que 5,5 [...] Precisamos consumir mais alimentos alcalinos que nos ajudem a aumentar o nível de pH para combater o vírus”.

 

 

Foi realizado um levantamento do que já foi publicado sobre o assunto a partir da consulta à sites e, em especial, sites que tivessem a análise de especialistas, e também à bases de dados oficiais na procura de informações públicas, como o Ministério da Saúde e a Organização Mundial da Saúde.

 

A afirmação, segundo o levantamento é falsa, pois não há evidências científicas que sustentem que o consumo de alimentos alcalinos ajude a combater o coronavírus. A Organização Mundial da Saúde (OMS) e o Ministério da Saúde não recomendam o consumo de alimentos alcalinos, ou de qualquer espécie, para combater a doença. Além disso, os valores de pH citados estão incorretos uma vez que alimentos como o limão, o abacate, a tangerina e o abacaxi têm o valor do pH bem abaixo do número informado.

 

A mensagem ainda citava uma instituição de pesquisa que seria a fonte das informações, chamada “Virology Center”, em Moscou, na Rússia. Após um levantamento de dados sobre a instituição, não foram encontrados indícios de que ele exista no local indicado.

 

Em entrevista ao portal UOL, o hematologista Guilherme Perini, da Sociedade Beneficente Israelita Brasileira Albert Einstein e os nutrólogos Guilherme Giorelli, do Hospital Israelita Albert Einstein, e Esthela Oliveira, do Instituto Israelita de Ensino e Pesquisa Albert Einstein, explicam que o consumo de alimentos não tem capacidade de mudar o pH sanguíneo.

 

Também em matéria para o Jornal da Unicamp, Giro Girtto Júnior, professor da instituição, afirma que “[...] por mais que você consuma grande quantidade de limão, seu sangue não ficará mais ácido. Na pior das hipóteses você terá uma boa azia causada pelo excesso momentâneo da sua acidez estomacal”.

 

No site da OMS, em seção chamada “Conselhos para a população acerca dos rumores sobre o novo coronavírus (2019-nCoV)” , a entidade reafirma que é benéfico para a saúde como um todo a adoção de uma dieta equilibrada, porém o distanciamento social continua sendo a melhor forma de proteção contra o coronavírus. E o próprio Ministério da Saúde brasileiro já classificou tal informação como fakenews.

 

*Essa checagem foi realizada por Caio Pereira dos Santos, Juliana Kurihara Reis e Kamila Freire Guedes, alunos do curso de Especialização em Saúde Coletiva do Instituto de Saúde, na disciplina de Comunicação e Saúde. A edição foi realizada pela equipe do Núcleo de Comunicação Técnico-Científica do IS.

 

Referências:

 

1. ACHÉ, Lucia; RIBEIRO, I. F.. O pH de frutas nacionais. Revista da Faculdade de Medicina Veterinária, Universidade de São Paulo, [S.L.], v. 4, n. 2, p. 267-269, 1950.

2. BRASIL. Ministério da Saúde. Saúde Sem Fake News. 2020. Disponível em: https://www.saude.gov.br/fakenews/46703-alimentos-alcalinos-evitam-coronavirus-e-fak e-news. Acesso em: 03 set. 2020.

3.CARVALHO, Priscila.Coronavírus:nemalho,nemlimão.:dietaalcalinanãocombate a covid-19. Dieta alcalina não combate a Covid-19. 2020. Disponível em: https://www.uol.com.br/vivabem/noticias/redacao/2020/04/23/coronavirus-dieta-alcalinanao-ajuda-no-combata-a-doenca-entenda.htm. Acesso em: 23 abr. 2020.

4.GIROTTO JUNIOR, Gildo; ALMEIDA, Cyntia.Adesinformaçãoazedasobreolimão na Covid-19. 2020. Disponível em: https://www.blogs.unicamp.br/covid-19/a-desinformacao-azeda-sobre-o-limao-na-covid19/. Acesso em: 10 abr. 2020.

5. FOGAÇA, Jennifer Rocha Vargas. Conceito de pH. 2018. Disponível em: https://www.manualdaquimica.com/fisico-quimica/conceito-ph.htm. Acesso em: 03 jan. 2018.

6.FONSECA, Bruno. O que é fact-checking?. 2017. Disponível em: https://apublica.org/2017/06/truco-o-que-e-fact-checking/. Acesso em: 03 set. 2020.

7. ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DA SAÚDE (org.). Dicas para a população sobre rumores sobre o novo coronavírus. 2020. Disponível em: https://www.who.int/es/emergencies/diseases/novel-coronavirus-2019/advice-for-public/ myth-busters. Acesso em: 16 jun. 2020.

 

Núcleo de Comunicação Técnico-Científica

Comunicar Erro




Enviar por E-mail






Colabore


Obrigado