CRATOD - Centro de Referência de Álcool, Tabaco e Outras Drogas

A A A Tamanho do texto

Setor de Observação

No CRATOD, o paciente que procura por atendimento passa por uma triagem com enfermeiros, sendo submetido a uma Classificação de Risco, conforme modelo adaptado de Manchester.  Assim, ele é classificado quanto a sua gravidade e tipo de diagnóstico passando ao atendimento médico psiquiátrico ou ao acolhimento social.

Destes atendimentos, o paciente poderá ser encaminhado para acompanhamento ambulatorial em CAPS AD regionalizado ou no próprio CRATOD;  ser encaminhado para acolhimento social de média permanência em comunidades terapêuticas;  ou ser admitido em leito de observação.

O CRATOD conta com 36 leitos de observação para desintoxicação, sendo dois deles leitos de isolamento para portadores de doenças infectocontagiosas ; além de mais 01 leito de emergência para estabilização de casos com demanda clínica.

A unidade conta com uma porta de atendimento aberta a urgências em dependência química, contando com psiquiatras e médicos clínicos 24 horas para tal suporte, além de equipe de enfermagem e equipe multiprofissional, com testagem rápida para diversas doenças infectocontagiosas para todos os usuários que tiverem desejo de realizar os testes.

Possui também um CAPS, com estrutura avançada, contando com atendimentos odontológicos, incluindo confecção de próteses dentárias, sala de reabilitação física, atendimento de infectologia para os pacientes que estão em acompanhamento neste CAPS AD, sendo hoje uma Unidade Dispensadora de Medicações Antiretrovirais – UDM.

 

CENTRO DE ATENÇÃO PSICOSSOCIAL ÁLCOOL E DROGAS (CAPSAD CRATOD) – ponto de partida do tratamento da dependência química.

O CAPSAD atende usuários que necessitem de tratamento integral ou atendimento eventual.

O CAPSAD III funciona 24 horas e possui leitos de observação/repouso por até 14 dias.

 

URGÊNCIA RECOMEÇO (UNIDADE CRATOD)

É um serviço de triagem e de avaliação clínica e psiquiátrica, destinado ao atendimento de pessoas com problemas agudos relacionados ao uso de álcool e drogas.

Em caso de indicação médica, os pacientes atendidos podem ficar em observação por até 72 horas.

Caso tenham outros problemas médicos, serão encaminhados para serviços referenciados no território e trazidos de volta ao CRATOD. Todos recebem ao menos uma avaliação social e avaliações psiquiátricas diárias.

Ao término dessa fase, os pacientes poderão ser encaminhados para tratamento em CAPS AD, ou para enfermarias de internação breve (leitos hospitalares) ou comunidades terapêuticas.

 

INTERNAÇÃO BREVE (LEITOS HOSPITALARES)

– são leitos de internação de curta permanência (15-30 dias), com o propósito de oferecer desintoxicação, diagnóstico e tratamento psiquiátrico e um primeiro contato com a rede de apoio social do usuário.

Internações para desintoxicação devem ser encaradas como apenas uma etapa do tratamento, que perde a efetividade se o paciente não dá continuidade

a esse tratamento em um CAPS AD.

Comunicar Erro




Enviar por E-mail






Colabore


Obrigado