brasão governo do estado de são paulo

Em atendimento à legislação eleitoral (Lei nº 9.504/1997), os demais conteúdos desse site ficarão indisponíveis de 5 de julho de 2018 até o final da eleição estadual em São Paulo.

História da Rede "Hebe Camargo" de Combate ao Câncer

A Rede "Hebe Camargo" de Combate ao Câncer foi inaugurada em 8 de março de 2013. A data - Dia Internacional da Mulher e aniversario de Hebe Camargo - foi escolhida para homenagear a apresentadora, que completaria 84 anos na ocasião. Em 2010, Hebe foi diagnosticada com câncer no peritônio, membrana que envolve o órgão do aparelho digestivo. A partir daí, ela tornou- se um símbolo da luta contra a doença. Morreu em 2012, de parada cardíaca.


Pouco tempo depois de sua inauguração, em 16 de maio de 2013, o Ministério da Saúde instituiu a Política Nacional para a Prevenção e Controle do Câncer na Rede de Atenção à Saúde das Pessoas com Doenças Crônicas no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS) através da portaria nº 874, de 16 de maio de 2013, corroborando com a relevância do tema oncologia.


Em 28 de dezembro de 2016, foi publicado o decreto de nº 62.394 que instituiu a Rede "Hebe Camargo" de Combate ao Câncer e em 22 de junho de 2017 foi publicada a resolução SS 42 que aprova o regulamento da Rede "Hebe Camargo" de Combate ao Câncer.